dailyplanet #007 | dias repetidos

Bom dia guerreiros pão com ovo,

9AM
Terminei um job e meio.
Fiz uma lista de coisas para fazer no dia.
Tô escolhendo entre ouvir música ou podcasts sobre deuses antigos. Tô ouvindo música.
Tic, tac. O relógio faz pressão.

10AM
Nine Inch Nalls tocando.
Talvez Nine Inch Nalls seja alternativa demais.

11AM
Me perdi aqui na polêmica do dia no twitter – é alguma coisa a ver com sertanejos e crônicas.
Não acredito que eu to lendo instagram de sertanejos.
Pelo menos Alexandre Nero tá tocando.
Nota: Alexandre Nero é bom.

12AM
Ovo é melhor que Alexandre Nero, se você estiver com fone.
Supernatural devia ter terminado na 5ª temporada.
Mas Avatar, de alguma forma, é curioso.

13AM
Já tá na hora do redbull te dá asas.
O Canal Nostalgia nem sempre acerta, mas às vezes é bom sim.
Quase fui enganada pelo camelô. Mas sobrevivi.

14AM
Tempo desperdiçado.
JoutJout é bem bacana.
Rebull nem sempre funciona.

15AM
Texto escrito, revisão a ser feita. Check.
Redbull realmente não adianta bolhufas.

16AM
Vou fazer café. Alguém precisa fazer algo pra salvar o mundo.
Enquanto isso: a eterna duvida entre trabalhar ou comprar uma bicicleta.
Comprar uma bicicleta ou viajar o mundo.
Viajar o mundo ou escrever.
Café, que cheiro espetacular.

17AM
Muito trampo, pouco tempo.
Muito tempo, muito trampo.
Não há muita poesia a que se fazer em uma segunda qualquer. Ao menos tentei.

18AM
Dexter era uma série tão boa, o que diabos aconteceu, Morgan?
Algumas temporadas não conseguem superar sua estreia – Jorge estava certo, é a Síndrome da 3ª Temporada.
Pelo menos ele prova que nem os psicopatas escapam, after all.

19AM
Esqueci de voltar aqui e comentar o resto do dia.
Ele deve ter sido incrível.

Ou pode ter sido meio bosta também.
Tá valendo.

Share on Facebook7Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Tumblr0
  • Ingrid Santana

    “start a discussion” diz o disqus.
    Não tenho nem o que discutir. A rotina leva esse looping sem fim de coisas parecidas pra se fazer. Acho que resta pra nós, buscar sentido em alguma coisa pra irmos levando esses dias melhor.