carta para luciana

O problema de não ter você aqui é que eu espero, mas o tempo não. Eu fico feio e menos interessante a cada segundo, e aquele charme de adolescente não resolvido se perde e dá lugar ao velho adulto que teu pai tinha medo: sem futuro ou plano de aposentadoria no banco. Não posso mais deixar … Continuar lendo carta para luciana

somos bosta nenhuma

do que a gente tá falando? do que afinal vivemos falando? queremos ser grandes, pequenos, infinitos. não somos bosta nenhuma. somos a espera na sala do dentista. a conta que não queremos pagar. o sorriso falso pro porteiro. somos as peças que nos formam como bons cidadãos. esse é meu medo. meu medo é morrer … Continuar lendo somos bosta nenhuma

meio samba

fiquei super bêbada quando já não tinha certeza talvez isso dê um samba, veja só, a minha tristeza em lá menor.